sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Fábula - O que uma mulher deseja?

O jovem Rei Arthur foi surpreendido pelo monarca do reino vizinho enquanto caçava furtivamente em um bosque. O Rei poderia tê-lo matado no ato, pois tal era o castigo para quem violasse as leis da propriedade, contudo se comoveu ante a juventude e a simpatia de Arthur e lhe ofereceu a liberdade, desde que no prazo de um ano trouxesse a resposta a uma pergunta difícil. A pergunta era: O que realmente as mulheres querem?.

Semelhante pergunta deixaria perplexo até ao homem mais sábio, e ao jovem Arthur lhe pareceu impossível de respondê-la. Contudo aquilo era melhor do que a morte, de modo que regressou a seu reino e começou a interrogar as pessoas. À princesa, à rainha, às prostitutas, aos monges aos sábios, ao palhaço da corte, em suma, a todos e ninguém soube dar uma resposta convincente.

Porém todos o aconselharam a consultar a velha bruxa, porque somente ela saberia a resposta. O preço seria alto, já que a velha bruxa era famosa em todo o reino pelo exorbitante preço cobrado pelos seus serviços.

Chegou o último dia do ano acordado e Arthur não teve mais remédio se não recorrer a feiticeira. Ela aceitou dar-lhe uma resposta satisfatória, com uma condição, primeiro aceitaria o preço. Ela queria casar-se com Gawain, o cavaleiro mais nobre da mesa redonda e o mais intimo amigo do Rei Arthur!

O jovem Arthur a olhou horrorizado: era feiíssima, tinha um só dente, desprendia um fedor que causava náuseas até a um cachorro, fazia ruídos obscenos,...nunca havia topado com uma criatura tão repugnante. Se acovardou diante da perspectiva de pedir a um amigo de toda a sua vida para assumir essa carga terrível. Não obstante, ao inteirar-se do pacto proposto, Gawain afirmou que não era um sacrifício excessivo em troca da vida de seu melhor amigo e a preservação da Mesa Redonda.

Anunciadas as bodas, a velha bruxa, com sua sabedoria infernal, disse: O que realmente as mulheres querem é:

Serem soberanas de suas próprias vidas!

Todos souberam no mesmo instante que a feiticeira havia dito uma grande verdade e que o jovem Rei Arthur estaria salvo.

Assim foi a ouvir a resposta, o monarca vizinho lhe devolveu a liberdade. Porém, que bodas tristes foram aquelas... Toda a corte assistiu e ninguém se sentiu mais desgarrado entre o alivio e a angústia, que o próprio Arthur. Gawain, se mostrou cortes, gentil e respeitoso. A velha bruxa usou de seus piores hábitos, comeu sem usar talheres, emitiu ruídos e um mau cheiro espantoso.

Chegou a noite de núpcias. Quando Gawain, já preparado para ir para a cama aguardava sua esposa...Ela apareceu como a mais linda e charmosa mulher que um homem poderia imaginar! Gawain ficou estupefato e lhe perguntou o que havia acontecido. A jovem lhe respondeu com um sorriso doce, que como havia sido cortês com ela, a metade do tempo se apresentaria com aspecto horrível e a outra metade com aspecto de uma linda donzela.

Então ela lhe perguntou. Qual ele preferiria para o dia e qual para a noite? Que pergunta cruel... Gawain se apressou em fazer cálculos... Poderia ter uma jovem adorável durante o dia para exibir a seus amigos e a noite na privacidade de seu quarto uma bruxa espantosa ou quem sabe ter de dia uma bruxa e a uma jovem linda nos momentos íntimos de sua vida conjugal.

O nobre Gawain respondeu que a deixaria escolher por si mesma. Ao ouvir a resposta ela anunciou que seria uma linda jovem de dia e de noite, porque ele a havia respeitado e permitido ser dona de sua vida.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Frase - Alessandro Brito

A plenitude da vida é manter o equilíbrio entre seus sonhos e a realização deles, apenas.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Frase - Alessandro Brito

Rugas, cabelos grisalhos, calvície... São as marcas do tempo em sua plenitude.

Frase - Alessandro Brito

Não ajudar uma pessoa má não te faz um ser humano ruim, te faz justo! As escolhas são as mesmas para todos.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Oportunidade - Desconhecido

Quando a oportunidade bater em sua porta
Aproveita porque pode ser que não tenha volta
Não deixe de levar em consideração
Que se ela chegou, pode crê tem alguma razão

Não tenha medo de nada nessa vida
Pois de tudo se aproveita, até quando o que fica é a ferida
Se ela veio o que que há de mal? É um sinal
Abrace e acredite em seu ideal

Vamos embora porque é tempo de oportunidades
Acredite em você, guerreiro de verdade
Vai chegar a hora em que o que fica é só saudade
Então aproveite, amanhã pode ser tarde

Não se arrependa do que fez na moral
Apenas de valor ao seu espiritual
Não valorize idéias alheias
Pode ser armadilha, enrascada, uma teia

Tenha sua opinião, sem dó nem compaixão
Tenha fé no que acredita, mas não caia em ilusão
Só não me venha dizer amanhã ou em qualquer outro tempo
Que deixou escapar uma oportunidade que estava se oferecendo

Saiba distinguir oportunidade de tentação
Nesse caso exija de um amigo opinião
Eles existem em nossas vidas para essa ocasião
Isso se chama gratidão

Independe do que escolha, saiba foi sua a decisão
Não culpe a ninguém e nem se sinta culpado
Você é formador de sua própria opinião
Na melhor, na pior, ou em qualquer que seja o estado.

Vá..... simplesmente vá....feliz, como um guerreiro, verdadeiro, com coragem
De nada adianta sem inteligência ter na veia a malandragem
Quero te ver bem, amanhã melhor que hoje e assim consecutivamente
Nunca se esqueça de mim, pois nunca me esquecerei de você
Só assim serei uma pessoa feliz e sorridente, no passado e no futuro
Mas principalmente no presente.