quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Cuesta Abajo - Carlos Gardel


"...Se fui frouxo, se fui cego
Só quero que compreenda hoje
O valor representado pela coragem de amar

Era, para mim a vida inteira
Como um sol de primavera
Minha esperança e paixão,
Sabia, que no mundo não cabia
Toda a humilde alegria de meu pobre coração..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário